Próximo Evento

dezembro, 2022

Objetivo

Promover e realizar ações em benefício do desenvolvimento sustentável e da qualidade de vida da sociedade.

História

A história do GT é fruto da compreensão do Instituto de Engenharia quanto aos impactos do clima global e da devastação da Amazônia no desenvolvimento e qualidade de vida da sociedade, aliado ao reconhecimento da potencialidade da bioeconomia como estratégia para reverter esta situação. A urgência dessa temática levou à indicação do cientista brasileiro Carlos Nobre como Eminente Engenheiro do ano de 2020 e a aproximação do IE com a temática. Neste mesmo ano, sob coordenação do Carlos Nobre, o GT deu início à sua atuação com a publicação “Amazônia e Bioeconomia – Sustentada em ciência, tecnologia e inovação”, contribuindo à discussão sobre as oportunidades e desafios do Brasil na Bioeconomia. A partir das principais pautas para debate e ação resultantes da publicação supracitada, foram estruturadas três iniciativas que hoje sustentam a atuação do GT. Para conhecer mais, acesse “iniciativas” e participe do nosso próximo encontro aberto.

Visão a longo prazo

A longo prazo, o objetivo do GT é oferecer o IE como curador e promotor da construção de um espaço onde todos protagonistas podem construir soluções conjuntas, propor políticas, integrar academia, governos, iniciativa privada, fundos de investimentos internacionais e verdes e ainda oferecer network para pessoas físicas interessadas no tema e para empresas que têm interesse em negócios e no desenvolvimento do conhecimento em relação à bioeconomia. A exposição para empresas apoiadoras é ter visibilidade e até participar deste espaço como protagonistas, ter benefícios de novas oportunidades de negócios, exposição de cases, a associação de sua marca com uma instituição técnica, apolítica, isenta, uma das mais prestigiadas no mundo, com 105 anos de história.

Dinâmica de Atuação

Encontros abertos periódicos, workshops, visitas e viagens técnicas, webinars, pesquisas e levantamentos.

Eventos

Iniciativas

Projeto #1: Expedição Amazônia

Projeto realizado em parceria com a Academia Amazônia Ensina, a Expedição Amazônia 21 visa a partir da vivência experimental na região amazônica, despertar o interesse de estudantes, engenheiras e engenheiros e demais profissionais em atuar em defesa do desenvolvimento sustentável da região. A primeira expedição irá ocorrer entre os dias 10 e 17 de julho de 2022.

Projeto #2: Consolidação de uma base de conhecimento para estratégia nacional de bioeconomia

Organizar um corpo de conhecimento que possa suportar o processo de construção de uma Estratégia Nacional para Bioeconomia e indicar caminhos e condições para que o Brasil amplie seu protagonismo na nova bioeconomia. Reconhecemos que a bioeconomia futura é uma oportunidade de desenvolvimento que as nações mais ágeis aproveitarão melhor. Assim, busca-se com este estudo estabelecer com prioridade os caminhos para a economia de base biológica, para que na sequência se desdobrem políticas públicas em todo o país. O projeto conta com levantamento e análise de dados, pesquisa bibliográfica e diálogos com atores estratégicos de diferentes temáticas que interseccionam a bioeconomia.

Projeto #3: Sustentabilidade no ensino de engenharia

Até pouco tempo, a sustentabilidade não era vista como uma função empresarial essencial. Como consequência, o ensino de engenharia deixou à margem as discussões sobre essa temática no âmbito profissional. Essa iniciativa visa disseminar a sustentabilidade de forma transversal no ensino de engenharia, onde os diferentes conteúdos são ensinados com o viés social, econômico e ambiental.

Notícias

O brasileiro que pretende criar ‘MIT da Amazônia’, instituto de tecnologia voltado à floresta

O Instituto de Engenharia, por meio do Grupo de Trabalho Bioeconomia Nacional, é apoiador do...

Educação para salvar a Amazônia

A preservação da Amazônia passa pela educação. Não só nos Estados que compõem a Amazônia...

Climatologista brasileiro Carlos Nobre recebe medalha de honra em nome da Rainha Elizabeth II

O climatologista brasileiro Carlos Nobre recebeu nesta quinta-feira, 18, o certificado e a Medalha de Oficial da mais Excelente...

Garanta já sua vaga para o evento “Mineração na Amazônia: Desafios do Desenvolvimento Sustentável”

No dia 17 de agosto, às 9h, a Fundação Fernando Henrique Cardoso promoverá o evento...

Encontro aberto GT Amazônia e Bioeconomia

  + Informações: A palestrante Inaiê Takaes Santos irá compartilhar sobre a atuação do GT Bioeconomia da...

Acesse o Material



Pessoas