Embraer apresenta o jato executivo Phenom 300

A Embraer concluiu a montagem do primeiro jato Phenom 300 na Unidade Gavião Peixoto, no interior do Estado de São Paulo, no dia 12 de abril. A apresentação (rollout, em inglês) antecede uma série de ensaios em solo preparativos para o primeiro vôo do jato. A montagem final do segundo Phenom 300 já foi iniciada na mesma fábrica.

“Estamos empolgados por ver o Phenom 300 tornar-se realidade”, afirmou Luís Carlos Affonso, Vice-Presidente Executivo da Embraer para o Mercado de Aviação Executiva. “O Phenom 300, que apresenta conforto superior, o melhor desempenho da categoria e baixo custo operacional, estabelecerá um novo padrão para a categoria Light Jet.”

“O rollout do primeiro Phenom 300 é uma grande recompensa, um resultado direto do comprometimento resoluto e rígido foco das nossas equipes de engenharia, fabricação e qualidade”, disse Henrique Langenegger, Diretor de Programas – Aviação Executiva. “Mais de 400 engenheiros participaram do programa Phenom 300. O desenvolvimento de tecnologias no estado-da-arte possibilitou um projeto enxuto, uma eficiente integração entre mais de 50 fornecedores, a utilização de ferramental de série a partir da primeira aeronave e a garantia da qualidade totalmente digital.”

O rollout do Phenom 300 ocorreu apenas dez meses após a apresentação do Phenom 100, em junho de 2007. O primeiro corte de metal do Phenom 300 foi realizado no final de março de 2007. A instalação das asas e dos motores aconteceu em fevereiro de 2008 e a primeira partida elétrica (electrical power-on), em março de 2008. As subseções foram montadas na Unidade Botucatu.

Diferentemente do Phenom 100, a montagem final do Phenom 300 foi executada na Unidade Gavião Peixoto, onde a campanha de testes também será realizada.

Sobre o Phenom 300

O jato Phenom 300 é o melhor da sua classe. Conforto superior, desempenho excepcional e baixo custo de operação são requisitos imprescindíveis no projeto desta aeronave, que oferecerá aos pilotos e passageiros conforto e estilo sem paralelo em suas categorias. A sensação de ambiente agradável e relaxante é ainda mais enfatizada pelas amplas janelas e comodidade proporcionada pela maior cabine em sua classe. Outros itens a bordo incluem espaço para um armário ou copa, um lavabo privativo traseiro e comunicação via satélite.

A funcionalidade da cabine de pilotagem e as qualidades de vôo da nova aeronave permitirão a operação por apenas um piloto. Empregando a experiência em projeto e engenharia da Embraer, o jato Phenom 300 será construído para alta utilização e disponibilidade. Para garantir segurança e confiabilidade adicionais, a aeronaves oferecerá um sistema brake-bywire com a funcionalidade antiderrapante na configuração padrão.

Baseado nos sistemas aviônicos da Garmin, que são completamente integrados e totalmente digitais, a cabine de comando Prodigy® oferece aos pilotos do Phenom 300 mais vantagens que qualquer outro conjunto de aviônicos no mercado atual. A cabine de pilotagem dispõe de três monitores intercambiáveis de 12 polegadas, sendo dois Primary Flight Displays (Monitores Primários de Vôo, PFD em inglês) e um Multi-Function Display (Monitor de Função Múltipla, MFD). O sistema integra todas as informações primárias de vôo, navegação, comunicação, topologia, tráfego, meteorologia, instrumentação dos motores e sistemas de alerta da tripulação, e apresenta a informação consolidada em três monitores coloridos de alto brilho e plenamente legíveis à luz do sol.

O Phenom 300 transportará até nove ocupantes. Os compartimentos de bagagem somam 2,15 metros cúbicos (76 pés cúbicos) de capacidade e acomodarão malas e equipamentos de golfe e esqui. O jato será equipado com dois motores PW535E da Pratt & Whitney Canadá, com 3.200 libras de empuxo cada. Seu alcance, com velocidade máxima de Mach 0,78 e seis ocupantes a bordo, será de 1.800 milhas náuticas (3.334 km), incluindo reservas NBAA IFR e alternativa de 100 milhas náuticas. O avião também é projetado para decolar em pistas curtas e é capaz de voar a 45.000 pés (13.716 metros) de altitude. Estas características permitirão aos clientes voar sem escalas de São Paulo (Brasil) a Manaus (Brasil) ou Santiago (Chile); de Buenos Aires (Argentina) a Salvador (Brasil) ou La Paz (Bolívia); ou de Caracas (Venezuela) a La Paz, Jacksonville, no Estado norte-americano da Florida, ou às ilhas Bermudas, no Caribe, a um custo operacional menor que o de aeronaves concorrentes.

O Phenom 300 deverá entrar em serviço no segundo semestre de 2009 e tem preço de US$ 6,65 milhões (configuração básica, sem opcionais), nas condições econômicas de janeiro de 2005 para certificação FAA.

Mais informações estão disponíveis no site www.EmbraerExecutiveJets.com.

Autor: Assessoria de Imprensa – Embraer

COMPARTILHAR