Qualidade reconhecida

Na Divisão de Motores, alunos da Mauá têm a oportunidade de aprender na prática, participando dos ensaios realizados para diferentes indústrias do setor automobilístico .

Única instituição de ensino do Brasil a ter a acreditação do Inmetro para ensaios de motores de combustão interna, a Mauá tem orgulho de abrigar, no seu Centro de Pesquisas, a Divisão de Motores e Veículos, uma referência no País nesse tipo de testes. 

Criada em 1986, essa Divisão presta serviços para praticamente todas as indústrias automobilísticas do País, além de fabricantes de autopeças e suprimentos para o segmento. “Em 2007, nosso laboratório conquistou o reconhecimento do Inmetro, que nos acreditou e, desde então, passamos por auditorias periódicas para a renovação do certificado”, destaca o professor José Roberto Augusto Campos, chefe da Divisão de Motores e Veículos da Mauá. 

O laboratório reúne uma longa história de testes e ensaios técnicos voltados para o desenvolvimento de motores de combustão interna, visando à otimização de desempenho, de potência, de confiabilidade e de eficiência de consumo. Nos últimos tempos, os ensaios sobre a emissão de poluentes têm sido constantes também. 

Reconhecida pelo seu trabalho e pela credibilidade de seus ensaios, a Divisão também tem sido constantemente procurada pela imprensa para a realização dos testes que serão alvo de divulgação em suas páginas, levando, assim, uma informação segura para os seus leitores. É o caso da Folha de S. Paulo, do programa Auto Esporte e outros. 

“A Divisão tem um papel muito importante ainda na formação de profissionais para esse segmento. Muitos profissionais hoje atuantes nesse mercado foram estudantes de Engenharia na Mauá e estagiários na Divisão de Motores e Veículos”, observa José Roberto. Hoje, a área conta com 40 profissionais, entre eles o engenheiro mecânico Renato Romio, que responde pela gerência técnica da Divisão. A Divisão conta ainda com 20 estagiários dos cursos de Engenharia de Controle e Automação, Mecânica e Eletrônica da Mauá. “Temos também estagiários do curso de Administração. Com a experiência na Divisão de Motores e Veículos, os estudantes não só ganham maturidade profissional, como também passam a conhecer de perto as condições e necessidades da indústria automobilística e adquirem experiência em motores, experiência essa que pode fazer diferença na hora do ingresso no mercado de trabalho”, completa José Roberto. 

Sempre com muitos ensaios para realizar, a Divisão trabalha em três turnos, 24 horas por dia, todos os dias da semana e ampliou recentemente sua capacidade de atuação, passando a oferecer ensaios para motores de veículos com até 4 mil N.m, presente nos caminhões extrapesados. “Outra novidade é que estamos prestes a operar com novos dinamômetros, que funcionarão como geradores de energia elétrica não só para suportar nossos testes, como também para alimentar parte do consumo da própria Mauá”, comemora José Roberto.
Relação duradoura 

Cliente há muitos anos da Divisão de Motores e Veículos, a PSA Peugeot Citroën realiza vários ensaios com a Mauá. A demanda maior é por ensaios que busquem avaliar a durabilidade dos componentes, o nível de consumo e aspectos de desempenho, como potência e torque do motor. A PSA Peugeot Citroën trabalha predominantemente com motores 1.4 e 1.6 e os ensaios com a Divisão de Motores e Veículos da Mauá são coordenados por duas áreas da empresa. O Grupo de Motores acompanha mais diretamente os ensaios sobre durabilidade, enquanto o Grupo de Controle, Motor e Transmissão coordena os ensaios voltados ao desempenho e consumo. 

Clóvis Matsumoto, coordenador do Grupo de Performance, Consumo e Combustível da PSA para América Latina conhece bem as atividades da Divisão de Motores e Veículos da Mauá. Formado em Engenharia Mecânica na Instituição, ele estagiou no laboratório de 1995 a 2000. “Encerrado o estágio, fui efetivado e trabalhei como coordenador do banco de provas por mais quatro anos. De lá, segui para uma carreira de sucesso na área automobilística”, conta Clóvis. 

Uma oportunidade que a Divisão abre todos os anos para muitos alunos e que tem como uma de sua principal missão formar grandes profissionais para esse setor.

COMPARTILHAR