julho, 2019

2019sex05jul08:3013:00Simpósio - A Energia Nuclear no Brasil - TRANSMISSÃO AO VIVO08:30 - 13:00 Instituto de Engenharia - Av. Dr. Dante Pazzanese, 120 – V. Mariana - São Paulo / SPTipo de evento:Seminários

Detalhes

Apresentação:

O Instituto de Engenharia realizará, em sua sede, no dia 5 de julho, um simpósio com vistas a discutir e divulgar a situação atual e as perspectivas futuras do uso da energia nuclear no País; tanto no setor elétrico e nos demais usos civis da mesma, como na utilização dos radioisótopos e outros subprodutos em medicina, na pesquisa, na indústria e na agricultura, fatores que contribuem significativamente para o progresso da ciência, a saúde dos cidadãos e a competitividade da economia.

O mesmo pode-se dizer em relação ao ciclo de enriquecimento de urânio cuja tecnologia o Brasil domina, estando em condições de participar de um mercado crescente, estimado em U$ 5 bilhões/ano, hoje disputado por poucos concorrentes.  No que se refere à mineração, as reservas de urânio do Brasil, apenas parcialmente prospectadas, são equivalentes a 309.000 toneladas, ocupando o 7º lugar mundial. A energia nuclear é considerada hoje, uma fonte “limpa”, firme e indispensável na geração de eletricidade em países como EUA, França, Rússia, Japão, Coréia do Sul e China; respondendo pelo abastecimento de 10,4% do consumo mundial, com 454 reatores instalados (392 GWe) em  31 países –  mais de um quarto nos EUA. Na França, do total da eletricidade produzida em 2017 (529,4 TWh), 71,6% teve origem nuclear (60 reatores) e em toda a União Europeia, 35% da eletricidade é gerada pela fonte nuclear.

Do ponto de vista ambiental, a energia nuclear foi a terceira maior fonte de energia elétrica mundial em 2017, tendo alcançado a marca de 2506 TWh gerados com um fator de capacidade de 81% e evitado a emissão de  2,1 bilhões de toneladas de CO² – equivalentes, no ano.

Programação:

8h30 – 9h    Recepção e Credenciamento

9h – 9h30 Sessão de Abertura
Eduardo Ferreira Lafraia – Presidente do Instituto de Engenharia

Roberto Travassos – Assistente Técnico do Diretor Técnico – Eletronuclear

André Luiz Rodrigues Osório – Diretor do Departamento de Informações e Estudos Energéticos (DIE) da Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Energético (SPE) do Ministério de Minas e Energia

09h30 – A energia nuclear no mundo e na matriz energética brasileira

André Luiz Rodrigues Osório – Diretor do Departamento de Informações e Estudos Energéticos (DIE) da Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Energético (SPE) do Ministério de Minas e Energia

10h– O Sistema Elétrico Nacional e a Necessidade Nuclear

Roberto Travassos – Assistente Técnico do Diretor Técnico – Eletronuclear

10h30 – Angra 3 – Situação atual. Custos e prazos da retomada
Marcelo Gomes da Silva – Eletronuclear

11h – R&D e o ciclo do Combustível Nuclear no Brasil – Presente e futuro
Cesar Gustavo Silveira da Costa – Especialista Sênior INB
Dra. Elita Fontenele Urano de Carvalho – Gerente do Centro do Combustível Nuclear – IPEN

11h30 – A AMAZUL e sua contribuição para o desenvolvimento da tecnologia nuclear em benefício da sociedade
Vice-Almirante (Engenheiro Naval) Francisco Roberto Portella Deiana – Diretor Técnico e de Operação (DTO) da AMAZUL

12h- A tecnologia nuclear – Projeto, fabricação e montagem
• Ruan Nunes – Vice-presidente Rosatom
• Alice Cunha da Silva – Westinghouse
12h30 – Perguntas e Respostas
13h – Encerramento

*Programação sujeita a alteração.

Palestrantes:

Alice Cunha da Silva

Key Account Engineer na Westinghouse e gerente do escritório da empresa no Brasil. Suas principais áreas de atuação são: Desenvolvimento de Negócios, Interface com o Cliente e relações com o governo no Brasil em apoio ao desenvolvimento de operações na América Latina. Atualmente, atua como coadministradora da subsidiária da empresa no Brasil. É membro ativa da Associação Brasileira para o Desenvolvimento de Atividades Nucleares (ABDAN) representando a Westinghouse, e coordenadora do Comitê de Planejamento Estratégico da associação. Bacharel em Engenharia Nuclear pela UFRJ, atualmente trabalha em MBA na área de Gerenciamento de Projetos pela mesma universidade e em mestrado em Administração de Empresas pela Universidade de Bordeaux. No setor nuclear, ocupou vários cargos de crescente responsabilidade em associações nucleares. Atualmente é membro do Conselho da Associação Brasileira de Energia Nuclear (ABEN), e preside a Internacional Nuclear Atlantic Conference 2019 (INAC 2019), que ocorrerá em Santos, em outubro deste ano.

Cesar Gustavo Silveira da Costa

Especialista de Estratégia Nuclear Sênior da Presidência da Indústrias Nucleares do Brasil – INB. É bacharel em Física pela PUC-Rio, com mestrado e doutorado em Física pela UNICAMP. Realizou pós-doutorado em Física de Altas Energias na University of Wisconsin – Madison (UW-Madison, USA, 1994-1997) e atuou como pós-doutor e professor visitante na Université Libre de Bruxelles (ULB, Bélgica, 1999-2001), tendo sido agraciado com a bolsa “Subside à Savant” daquela instituição. Integrando colaborações científicas internacionais durante 10 anos, como a AMANDA Collaboration (para a detecção de muons e neutrinos cósmicos) e FELIX (detector de partículas para o Large Hadron Collider – LHC, do laboratório CERN europeu), ele publicou cerca de 100 trabalhos científicos completos, incluindo artigo na revista Nature. Desde 2015, Dr. Costa é Referee do periódico “Foundations of Physics” (Springer), a convite do Prêmio Nobel Gerard’t Hooft.

Atividades anteriores junto à INB, nos últimos 15 anos, incluem os cargos de: Supervisor de Radioproteção, certificado pela Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN); Gerente de Licenciamento e Qualidade da Diretoria de Recursos Minerais; Especialista de Estratégia Nuclear da Diretoria Técnica de Enriquecimento Isotópico; Assessor Especial da Presidência; e Gerente de Meio Ambiente, Licenciamento, Qualidade e Segurança da Presidência da INB. Tem sido convidado a participar e proferir palestras em diversas instituições no Brasil e no exterior, incluindo cooperações técnicas e encontros consultivos na International Atomic Energy Agency (IAEA), tendo se apresentado durante a “62nd IAEA General Conference” de 2018, em Viena, representando a INB.

Elita Fontenele Urano de Carvalho

Doutora em Tecnologia Nuclear pela Universidade de São Paulo, é pesquisadora do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares da Comissão Nacional de Energia Nuclear e gerente do Centro do Combustível Nuclear do IPEN/CNEN-SP. Experiência na área de Engenharia de Materiais e Química com ênfase em Conversão, Enriquecimento, Fabricação de Combustível Nuclear, Tratamento de efluentes radioativos e convencionais e reaproveitamento de resíduos industriais e técnicas de caracterização química de materiais .Membro do Instituto Nacional de Tecnologia- INCT para Reatores Nucleares Inovadores. Autor de capítulos de livros intitulados “Radioisotopes: Applications in Physical Sciences”, 2011 ISBN: 9789533075105. Título do capítulo: Research Reactor Fuel Fabrication to Produce Radioisotopes e “Materiais Avançados para Energia” – Centro de Gestão e Estudos Estratégicos. (Org.). Materiais Avançados 2010-2020. 1ª ed. Brasilia e “Ozônio na Recuperação de Solos e Recursos Hídricos Contaminados por Mineração”. Professora de graduação e de pós-graduação da Universidade São Paulo, nas áreas de Caracterização de Materiais e de Combustível Nuclear.

Francisco Roberto Portella Deiana
Vice-Almirante da reserva da Marinha do Brasil, é graduado pela Escola Naval. Formou-se em Engenharia Naval pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo e fez diversos cursos de especialização em projeto de submarinos. Pela Escola de Guerra Naval, tem Curso Superior de Guerra Naval e doutorado profissional no Curso de Política e Estratégia Marítimas. Em mais de 44 anos de serviços prestados para a Marinha, exerceu diversos cargos e funções, entre elas a de Diretor de Engenharia Naval, Diretor do Centro de Mísseis e Armas Submarinas da Marinha e Vice-Diretor do Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro. Atualmente é o Diretor Técnico e de Operação da Amazônia Azul Tecnologias de Defesa S.A. – AMAZUL

 

Marcelo Gomes da Silva

Engenheiro Eletricista pela Universidade Federal Fluminense, com Pós-Graduação em Economia da Energia na UFRJ. Trabalha na Eletrobras Eletronuclear, tendo atuado no projeto, montagem e comissionamento de Angra 2. Posteriormente, atuou como Gerente de Planejamento Estratégico da empresa. Atualmente, responde pelo Departamento de Desenvolvimento de Novos Empreendimentos, estando a cargo da retomada de Angra 3 e da expansão da geração nucleoletrica no Brasil.

Ruan Nunes

Vice-presidente da Rosatom América Latina, responsável pela direção das áreas de Marketing e Relações Públicas, participando também em projetos de novos negócios e investimentos. Formado em Propaganda e Marketing, com ênfase em gestão de marcas, produtos e serviços pela Escola Superior de Propaganda e Marketing – ESPM de São Paulo, com MBA na mesma área pela Fundação Getúlio Vargas. Concursos de extensão em Tecnologias de Irradiação e Negócios para setor Nuclear.

Apoio institucional:

Hora

(Sexta-feira) 08:30 - 13:00

Local

Instituto de Engenharia - Av. Dr. Dante Pazzanese, 120 – V. Mariana - São Paulo / SP