fevereiro, 2019

2019qui28fev09:0012:00Palestra I: “Conformação do Sistema de Esgotos da RMSP”09:00 - 12:00 Auditório da Escola do Tribunal de Contas do Município de São Paulo - Av. Professor Ascendino Reis – 1130 – Vila ClementinoTipo de evento:Apoio Institucional

Detalhes do evento

Faz parte do Ciclo de Palestras “Poluição hídrica na região Metropolitana de São Paulo”

Justificativa: A Região Metropolitana de São Paulo (RMSP) está localizada, sob o ponto de vista hidrográfico, na bacia do Alto -Tietê , ou seja, nas cabeceiras dos rios que formam nosso principal curso de água, o rio Tietê, cujas nascentes situam-se em Salesópolis, município também pertencente à macro metrópole paulista.

Neste cenário, desenvolveu-se uma das maiores aglomerações urbanas do mundo a qual abriga uma população com cerca de 21 milhões de habitantes, além do maior parque industrial da América Latina.

Por se situar nas cabeceiras dos rios formadores é baixa a capacidade de diluição propiciada por estes corpos de água frente à relevante carga orgânica e inorgânica em razão do lançamento de esgotos sanitários e despejos industriais parcialmente tratados, bem como despejos agrícolas e a poluição difusa.

O resultado que se vê são córregos e rios poluídos praticamente em toda sua extensão, incluindo os principais cursos de água, Tamanduateí, Pinheiros e o próprio Tietê.

A poluição destes recursos hídricos é de tal monta que seus efeitos se fazem sentir em todos os rios da RMSP e particularmente no rio Tietê, cuja mancha de contaminação persiste por vários quilômetros, rio abaixo, até Barra Bonita.

A SABESP, empresa estatal concessionária de água e esgotos de quase a totalidade dos municípios da RMSP, é responsável por implantar e operar o sistema de esgotos na RMSP, constituído de redes de coleta, coletores tronco, interceptores emissários e estações de tratamento.

Malgrado os esforços da concessionária, responsável também pela implantação do Projeto Tietê de despoluição, muita coisa ainda haverá de ser feita para minorar o problema. Acrescem-se, também, os efeitos da poluição difusa que atinge os rios, direta ou indiretamente oriunda da sujeira das ruas, hábito associado principalmente a uma educação sanitária deficiente da população.

Assim sendo, esta primeira palestra versará sobre a contribuição das águas residuais na poluição dos rios metropolitanos e a conformação do sistema de esgotos da RMSP.

Objetivo: O objetivo da palestra é apresentar a realidade da poluição dos rios metropolitanos, suas causas e efeitos sanitários e ambientais para a população que habita a RMSP. Na ocasião será abordado o sistema de esgotos sanitários responsável pela coleta e tratamento dos dejetos oriundos da contribuição dos esgotos domésticos e não domésticos.

Palestrante: Eng. José Eduardo W. de A. Cavalcanti
Graduado em Engenharia Química pela Escola de Engenharia Mauá – 1968 e na Escola de Engenharia Mackenzie em Administração de Empresas – 1972.
Pós Graduado na Faculdade de Economia e Administração, MBA – Marketing e Finanças – 2000.
Membro e conselheiro atuante de diversas associações do segmento da engenharia: CREASP, CRQSP, Instituto de Engenharia, FIESP, ABES.
Diretor Técnico
É Diretor Técnico da AMBIENTAL DO BRASIL TRATAMENTO DE RESÍDUOS.
Desenvolve, desde 1969, projetos na área de engenharia ambiental para indústrias e órgãos públicos, destacando-se a Companhia Vale do Rio Doce, Petrobrás, Shell, Sabesp, CEDAE dentre outras.
Além dos livros “Manual de Tratamento de Águas Residuárias Industriais”, publicado pela CETESB e “Manual de Tratamento de Efluentes Industriais”, é também autor de artigos técnicos, palestrante, conferencista em assuntos ligados ao saneamento e meio ambiente.
Agraciado com o título “Personalidade do Ano de 2002”, pelo Rotary Club de São Paulo por sua atuação de preservação do meio ambiente.
Ainda, em 2002, uma de suas empresas (Ambiental Laboratórios) recebeu a láurea “Petrobrás de Meio Ambiente”.

Público Alvo: Engenheiros, Ambientalistas, servidores municipais, estaduais, dos Legislativos (Municipais e Estadual), do TCMSP, do TCESP, bem como demais interessados pelo tema.

Para se inscrever gratuitamente, clique aqui!

Data: 28 de fevereiro de 2019 – quinta-feira

Horário: Das 9 às 12h.

Local: Auditório da Escola do Tribunal de Contas do Município de São Paulo – Av. Professor Ascendino Reis – 1130 – Vila Clementino.

Hora

(Quinta-feira) 09:00 - 12:00

Localização

Auditório da Escola do Tribunal de Contas do Município de São Paulo - Av. Professor Ascendino Reis – 1130 – Vila Clementino