março, 2021

2021ter23mar15:0016:30Lançamento Caderno Especial: Amazônia e Bioeconomia15:00 - 16:30 Evento on-lineTipo de evento:Agenda,Geral,Palestras

Detalhes do evento

Quer fazer parte do Instituto de Engenharia? Confira nossas vantagens:

Confira a página do caderno especial Amazônia e Bioeconomia:

 

Abordagem:

Este webinar marca o lançamento do caderno especial “Amazônia e Bioeconomia”. Ele representa uma contribuição do Instituto de Engenharia à discussão sobre as oportunidades e desafios do Brasil na Bioeconomia, área em que já existem exemplos de sucesso, resultantes da cooperação entre instituições públicas, governos e iniciativa privada. O Brasil precisa imaginar, discutir e escolher que desenvolvimento quer e pode fazer acontecer na Amazônia e, esta é a motivação central deste caderno especial.

Durante as reuniões realizadas com representantes da academia, do governo e do setor privado, ficou claro que o País precisa investir com qualidade em Educação, Ciência e Tecnologia para inovar e se apropriar de seu mais significativo diferencial para o século XXI: ter a maior biodiversidade do planeta, parte significativa dela na Amazônia.

Cuidar da preservação dos recursos naturais necessários para Bioeconomia é uma condição necessária e não suficiente. Sabemos que no momento existem ameaças importantes para Amazônia, seja do ponto de vista econômico, geopolítico que suas riquezas representam, ou mesmo do desmatamento que está no limite de disparar um desequilíbrio no ecossistema da floresta que resultaria na savanização de parte significativa da sua área.

Para que o País torne-se uma potência mundial da Bioeconomia, transformações importantes precisarão ser enfrentadas por nossa sociedade. Essas mudanças podem levar anos ou até décadas e não há tempo a perder para iniciá-las. A velocidade de implementação de uma Estratégia Nacional para Bioecenomia é sem dúvida o fator mais importante para que as oportunidades sejam aproveitadas.

Durante o evento o caderno será disponibilizado em primeira mão para os participante e será apresentada uma pauta para Debate e Ação proposta pelo Instituto de Engenharia para o tema.

Caderno Especial:

Público-alvo:

Todos profissionais interessados no desenvolvimento do Brasil, na CT&I e no uso sustentável dos recursos naturais do País.

Palestrante:

Carlos Nobre

Eminente Engenheiro do ano 2020 e pesquisador do IEA da USP

Engenheiro Eletrônico pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica e com doutorado em Meteorologia pelo Massachusetts Institute of Technology. Entre suas muitas atribuições oficiais foi chefe do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos e do Centro de Ciência do Sistema Terrestre do INPE, titular da Secretaria de Políticas e Programas de Pesquisa e Desenvolvimento do Ministério da Ciência e Tecnologia e Inovação, diretor do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia para Mudanças Climáticas, presidente do Conselho Diretor e vice-presidente do Comitê Científico do Painel Brasileiro de Mudanças Climáticas, secretário-executivo da Rede Brasileira de Pesquisas sobre Mudanças Climáticas Globais, chefe do Comitê Científico do International Geosphere Biosphere Programme, Alto Conselheiro Científico do Panel on Global Sustainability da ONU e membro do Conselho Científico da Secretaria-Geral da ONU. É membro da Academia Brasileira de Ciências e da Academia de Ciências dos Países em Desenvolvimento e senior fellow da divisão brasileira do World Resources Institute. Foi um dos autores principais do Quarto Relatório do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas, pelo que recebeu, junto com toda a equipe envolvida, o Prêmio Nobel da Paz em 2007. No mesmo ano foi indicado um dos 100 brasileiros mais influentes pela Revista Época, e Personalidade que Faz Diferença pelo jornal O Globo. Foi homenageado pelo Instituto de Engenharia com o título de Eminente Engenheiro do Ano de 2020. Em 2021 a Associação Americana para o Avanço da Ciência lhe conferiu o prêmio Diplomacia da Ciência (Science Diplomacy), pela sua atuação na promoção da Ciência.

Ana Euler

Pesquisadora Embrapa

Engenheira Florestal pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (1998), Mestre (2002) e Doutora (2006) em Ciências Ambientais e Florestais pela Graduate School of Environment and Information Science- Yokohama National University, Japão. Entre 2003 e 2008 atuou como técnica especializada em Conservação da Amazônia no WWF-Brasil exercendo a coordenação do programa Sudoeste da Amazônia, responsável pela captação de recursos e gestão de projetos de conservação desenvolvidos em parceria com organizações de governo e da sociedade civil no Acre, Rondônia e sul do Amazonas. Desde de 2008 atua como Pesquisadora A da Embrapa Amapá, na área de manejo de recursos naturais e como Assessora de Relações Internacionais. Entre 2011 e 2014 esteve cedida para o Governo do Estado do Amapá onde exerceu o cargo de Diretora-Presidente do Instituto Estadual de Florestas, implementando o Programa de Desenvolvimento da Produção Extrativista – PROEXTRATIVISMO, Programa de Concessões Florestais, lançou o Programa Estadual de Florestas do Amapá e o Fórum Amapaense de Mudanças Climáticas. Entre 2012 e 2014 foi Produtora e apresentadora do programa de rádio Vozes da Floresta (Rádio Difusora 360 AM). Atualmente é Membro do Fórum de Acompanhamento dos Conflitos Agrários e do Desenvolvimento do Amapá ? FACADE onde atua como voluntária na produção e apresentação do programa de rádio Fala, Amazônia! (96,9 FM) em parceria com o curso de Geografia Agrária da UNIFAP. Tem como principal região de atuação a Amazônia, com passagens pela África (Burkina Faso, Quênia, Gana), em projetos de pesquisa e extensão nas áreas de manejo florestal comunitário, agroextrativismo, etnobotânica, socioeconomia, cadeias de valor dos produtos da sociobiodiversidade e serviços ecossistêmicos.

George Paulus

Conselheiro do Instituto de Engenharia

Engenheiro de Produção (Poli-USP), mestre na área de Logística e doutor pela mesma escola. Iniciou sua carreira na Engenharia como consultor nas áreas de gestão da cadeia de suprimentos e de gestão de projetos. Empreendedor na área de desenvolvimento de software. Experiência como professor nas áreas de Gestão da Cadeia de Suprimentos, Gestão de Projetos e Tópicos Avançados de Sustentabilidade.

Apoio à formação:

Espaço aberto ao CREA-SP, objetivando o aperfeiçoamento dos profissionais e o aprimoramento da fiscalização das áreas abrangidas pelo Sistema Confea/CREAs, além de promover a conscientização da sociedade quanto à necessidade e obrigatoriedade de contratar um profissional devidamente habilitado.

Realização:

Apoio Institucional:

 

 

 

Hora

(Terça-feira) 15:00 - 16:30

Localização

Evento on-line