julho, 2020

2020seg13jul(jul 13)10:00qui16(jul 16)12:004º Workshop Petróleo & Gás - Uma visão de baixa emissão10:00 - 12:00 (16) Evento on-lineTipo de evento:Agenda,Geral,Seminários

Detalhes

 

 

Quer fazer parte do Instituto de Engenharia? Confira nossas vantagens:

 

 

PROGRAMAÇÃO:

13 de Julho

10h – Abertura
(30 min)

  • Eduardo Ferreira Lafraia – Presidente do Instituto de Engenharia (IE)
  • Marcos Penido – Secretário de Infraestrutura e Meio Ambiente do Governo do Estado de São Paulo
  • Cristina Pinho – Secretária Geral do Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (IBP)
  • João Ricardo Lafraia – Presidente do Conselho Deliberativo da Associação Brasileira de Manutenção e Gestão de Ativos (ABRAMAN)
  • José Eduardo Frasca Poyares Jardim – Conselheiro do IE e Coordenador do GT

10h30 – Painel 1: Biogás/Biometano – Oportunidades
(90 min)

  • Ieda Gomes – Non Executive Director Energy&Infrastructure
  • Márcio Félix – CEO da Energy Platform

Moderador: José Eduardo Frasca Poyares Jardim – Instituto de Engenharia

14 de Julho

10h30 – Painel 2: Uso do H2 associado ao Gás Natural para redução de emissões
(90 min)

  • Felipe Salgado – Universidade KTH – Royal Institute of Technology – Estocolmo (Suécia)
  • Ieda Gomes – Non Executive Director Energy & Infrastructure

Moderadora: Prof.ª Dra. Elita Urano – Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN)

15 de Julho

10h30 – Painel 3: Produção de Energia de Baixo Carbono
(90 min)

  • José Mauro Coelho – Secretário de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis do Ministério de Minas e Energia
  • Rivaldo Moreira Neto – CEO Gas Energy

Moderador: João Carlos de Souza Meirelles

16 de Julho

10h30 – Painel 4: A importância dos Hidrocarbonetos na Descarbonização
(90 min)

  • Prof. Dr. Humberto Riella – UFSC/USP
  • Viviana Coelho – Gerente de emissões e mudanças de clima da Petrobras

Moderador:  João Ricardo Lafraia – ABRAMAN

PARTICIPANTES:

Cristina Pinho

Trabalhou por 31 anos na Petrobras, onde teve a oportunidade de passar por várias áreas operacionais da companhia, iniciando sua vida profissional no downstream e depois permanecendo a maior parte dela no upstream. Após sua aposentadoria em janeiro de 2018, dedicou-se aos estudos de governança corporativa e transformação digital. Atua como conselheira no Instituto Luisa Pinho Sartori e durante o ano de 2018 deu consultoria a empresas na sua estratégia de implantação de tecnologia digital. Atualmente ocupa a posição de secretária-geral do IBP, onde também participa do comitê de diversidade de gêneros do Instituto, onde, junto com outras executivas da área de óleo e gás, tem um programa de mentoria para jovens gerentes mulheres ultrapassarem suas barreiras para se tornarem executivas da indústria.

Elita Fontenele Urano de Carvalho

Doutora em Tecnologia Nuclear pela Universidade de São Paulo (USP), é pesquisadora e gerente do Centro do Combustível Nuclear do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares da Comissão Nacional de Energia Nuclear (IPEN/CNEN). Experiência na área de Engenharia de Materiais e Química com ênfase em Conversão, Enriquecimento, Fabricação de Combustível Nuclear, Tratamento de efluentes radioativos e convencionais e reaproveitamento de resíduos industriais e técnicas de caracterização química de materiais. Membro do Instituto Nacional de Tecnologia (INCT) para Reatores Nucleares Inovadores. Autora de capítulos dos livros: Radioisotopes: Applications in Physical Sciences (Editora IntechOpen, 2011) – título do capítulo: Research Reactor Fuel Fabrication to Produce Radioisotopes; Materiais Avançados para Energia In: Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (Org.). Materiais Avançados 2010-2020. 1ed. Brasilia e Ozônio na Recuperação de Solos e Recursos Hídricos Contaminados por Mineração. É professora de graduação e de pós-graduação da USP na área de combustível nuclear.

Felipe Salgado
Graduado em Engenharia de Materiais pela UFSC, com pós-graduação em Administração de Empresas pela FGV/SP e MBA em Marketing pela FGV/RJ. Atualmente está cursando mestrado em Sistemas Energéticos Sustentáveis em um programa do EIT InnoEnergy, onde tem contato com o estado da arte das fontes renováveis de energia. O mestrado possui dupla diplomação, a primeira pela Royal Institute of Technology (Suécia) e a segunda pela Universitat Politècnica de Catalunya (Espanha), com previsão de conclusão para maio de 2021. No Brasil, atuou como consultor de sustentabilidade desenvolvendo projetos para inclusão do tema no planejamento estratégico de grandes empresas. Foi presidente da Câmara Temática de Mobilidade Sustentável do Conselho Empresarial Brasileiro para Desenvolvimento Sustentável (CEBDS). Na Ipiranga Produtos de Petróleo S.A, coordenou o comitê de sustentabilidade da companhia, além de diversos projetos de sustentabilidade com foco em meio ambiente e mudanças climáticas. Antes de iniciar o mestrado, ainda na Ipiranga, atuou como coordenador de unidades operacionais em variados estados brasileiros, com foco na armazenagem e entrega de combustíveis, gerenciando equipes com mais de 100 funcionários, com foco em eficiência operacional e redução de custos.

Humberto Gracher Riella

Graduado em Engenharia Química, mestre em Tecnologia Nuclear pela Universidade de São Paulo (USP) e doutor em Maschinenbauingenier – Karlsruhe Institut für Technologie. Professor titular da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e do programa de pós-graduação em Engenharia Química. Pesquisador membro do INCT- Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia para Reatores. Possui experiência em Engenharia de Materiais e Metalúrgica, com ênfase em Materiais Cerâmicos e Processamento de Minérios, atuando principalmente nos seguintes temas: Combustíveis Nucleares, Resíduos Sólidos Industriais, Processamento de Minerais metálicos, Materiais Antimicrobianos, Síntese de Materiais Nano-estruturados e Técnicas de Caracterização de Materiais. Diretor técnico do centro de tecnologia em cerâmica em Criciúma/SC, coordenador de projetos de implantação fabris de combustíveis nucleares na Marinha do Brasil, coordenador técnico na montagem do laboratório de materiais da Marinha do Brasil em Iperó/SP, gerente de projeto na Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN) do combustível nuclear, nomeado pelo presidente da CNEN pela Portaria Ministerial 186. Condecorado pela Marinha do Brasil por gerenciar a fabricação do primeiro reator nuclear brasileiro IPEN-MB-01. Participou do estudo “Roadmap tecnológico para produção, uso limpo e eficiente do carvão mineral nacional”. É autor de diversos livros nacionais e internacionais no setor de cerâmica, combustíveis nucleares para reatores, radiação ionizante, materiais, nanoestruturas, resíduos sólidos componentes eletrônicos, e entre outros. Atualmente é coordenador do laboratório de materiais e corrosão da UFSC.

Ieda Gomes

Conselheira independente em empresas internacionais nos setores de energia e infraestrutura. Também é consultora independente especializada em estratégia de energia, fornecimento de gás natural e GNL, preços, contratos e fundamentos de mercado. Em uma carreira de 30 anos no setor de gás e energia, passou mais de 13 anos na BP, onde ocupou cargos seniores, tais como: vice-presidente de novos empreendimentos para o sul da Ásia e Oriente Médio, presidente da BP Brasil e vice-presidente de assuntos regulatórios da BP Gas and Power. Antes da BP, foi CEO da Companhia de gás de São Paulo (Comgás), a maior empresa de distribuição de gás do Brasil. Atualmente, é conselheira da Câmara de Comércio Brasileira da Grã-Bretanha, diretora no Departamento de Infraestrutura da Federação das Indústrias de São Paulo, e atua no conselho de administração de empresas na França, EUA e Brasil. É consultora sênior da FGV Energia, pesquisadora visitante sênior do Oxford Institute for Energy Studies e é membro ativo da International Gas Union (IGU), tendo atuado no comitê executivo por dois mandatos. Apresentou-se em várias conferências e cursos de treinamento sobre energia e é membro do comitê de programa do GNL 2022. Também está no conselho consultivo da consultoria Crystol Energy e co-preside o Access for Women in Energy. É colunista regular da revista especializada Brasil Energia.  Formada em Engenharia Química pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), mestre em Energia pela Universidade de São Paulo (USP) e mestre pela École Polytechnique Fédérale de Lausanne.

João Carlos de Souza Meirelles

Engenheiro Civil pela Escola Politécnica da USP (Poli-USP), especialista em engenharia de desenvolvimento, implantação de infraestrutura, loteamento de grandes áreas rurais e urbanas e sua comercialização. Em 1981 criou a Fronteira Norte Engenharia de Desenvolvimento Ltda., empresa dedicada ao desenvolvimento regional integrado, ao agronegócio e às energias renováveis. Foi secretário de Agricultura e Abastecimento (1998-2002), secretário de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico (2003-2006), chefe da Assessoria de Assuntos Estratégicos (2013-2014) e secretário de Energia e Mineração (2015-2018), todos pelo Governo do Estado de São Paulo.

ABRAMAM PROMOVERÁ FEIRA DE GESTÃO DE ATIVOS EM SALVADOR ...

João Ricardo Lafraia

Engenheiro Mecânico, MSc em Engenharia e MBA e doutorando em Administração de Empresas. Presidente do Conselho Deliberativo da ABRAMAN – Associação Brasileira de Gestão de Ativos e Manutenção, coordenador do ABNT/CEE-251 Comissão de Estudo Especial Gestão de Ativos (Comissão Espelho do ISO/TC251) e diretor do WPiAM (World Partners in Asset Management). Atualmente é gerente Geral da Petrobras na Unidade de Exploração e Produção da Bacia de Santos, em Santos, São Paulo. Trabalha há 35 anos na Petrobras, ocupando as funções de engenheiro de Inspeção, coordenador de Confiabilidade, gerente de Engenharia, gerente de Produção na Refinaria Repar, gerente Geral de Eficiência Operacional das Refinarias do Rio Janeiro e gerente Geral de cinco refinarias no Brasil. É o coordenador da Comissão Especial de Estudo (CEE-251) da ABNT que produziu a série de normas de Gestão de Ativos NBR ISO 55.000. Foi Presidente da ABRAMAN e fez parte do Comitê Executivo do Fórum Global de Manutenção e Gestão de Ativos (GFMAM). É autor do livros “Manual de Confiabilidade, Disponibilidade e Manutenção”, “Liderança para Segurança, Saúde e Ambiente” e co-autor dos “Gestão de Estratégia e Confiabilidade”, “Criando o Habito da Excelência”, “Liderança baseada em Valores”, “Gestão de Ativos” e “Vivendo a Gestão de Ativos”. Em Novembro de 2013 lançou o livro em Inglês “Living Asset Management” em coautoria com John Hardwick, com quem escreveu um capítulo do livro “The New Asset Managment Handbook – A guide to ISO 55.000”, lançado em 2014 e co-autor do livro “Living Asset Management Maturity” em 2020. É autor de diversos artigos e palestras sobre Excelência na Gestão de Ativos, Confiabilidade, Saúde, Segurança e Meio Ambiente. É certificado CMPR (Certified Maintenance and Reliability Professional) pela SMRP-USA, CFAM (Certified Fellow in Asset Management) pela AMCouncil-Austrália e CAMA (Certified Asset Management Assessor) pelo WPiAM.

José Eduardo Frasca Poyares Jardim

Engenheiro Civil Escola Politécnica da USP. Vice-Presidente da Diretoria e do Conselho de Administração da AZEVEDO & TRAVASSOS S.A (1962-1998). Em 1998 criou a empresa INTECH ENGENHARIA LTDA, especializada em perfuração direcional dirigida para instalação de dutos de petróleo, gás, energia elétrica, água e esgoto, em instalações onshore e offshore, e montagens industriais. Nesse mesmo ano criou juntamente com outros engenheiros a empresa STARFISH ÓLEO E GÁS, especializada em prospecção de petróleo e gás em blocos onshore e offshore. Sócio-diretor da empresa IMOBEL PARTICIPAÇÕES S.A, especializada em construção de edifícios e loteamentos. Em 2020 criou a empresa POYARES JARDIM CONSULTORIA EMPRESARIAL. Foi presidente da ABRAPET – Associação Brasileira dos Perfuradores de Petróleo, presidente da SPE – Society of Petroleum Engineers/Seção Brasil e vice-presidente da ABDIB – Associação Brasileira das Indústrias de Base. Membro de várias associações como ABEMI, IBP, e membro dos Conselhos Deliberativo e Consultivo do Instituto de Engenharia de São Paulo e Coordenador do Grupo de Petróleo e Gás da instituição.

Projeções de demanda e produção de QAV no Brasil-I Congresso da ...

José Mauro Ferreira Coelho

Secretário de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis do Ministério de Minas e Energia e presidente do Conselho de Administração da Pré-Sal Petróleo (PPSA). Possui graduação em Química Industrial, mestrado em Ciências dos Materiais pelo Instituto Militar de Engenharia (IME) e doutorado em Planejamento Energético pelo Programa de Planejamento Energético (PPE) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Foi diretor de Estudos do Petróleo, Gás e Biocombustíveis da Empresa de Pesquisa Energética (EPE). Possui mais de 25 anos de experiência profissional, atuando nos setores de petróleo, gás natural e biocombustíveis. Atuou também, por vários anos, na área docente de graduação e pós-graduação.

Perfil |

Marcio Felix Carvalho Bezerra

Graduado em Engenharia Eletrônica pela Universidade de Brasília com especialização em Engenharia de Petróleo pela Universidade Petrobras. Tem MBA em Gestão Empresarial pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e curso de parcerias e alianças estratégicas pelo Instituto Superior de Administração, Insead, França. Possui uma sólida e consistente carreira técnica e gerencial no setor energético, especialmente petróleo, gás e biocombustíveis, tanto em empresas como no setor público. Iniciou sua carreira na Flopetrol-Schlumberger em 1981 como engenheiro de testes de poços. De 1983 a 2019 trabalhou na Petrobras, começando como engenheiro de campo de avaliação de formações na Bacia de Campos, passando por vários cargos gerenciais na Exploração e Produção (E&P), incluindo a gerência geral da Unidade de Negócios de E&P do Espírito Santo, a gerência geral de Novos Negócios de E&P e a gerência executiva de Suporte Técnico nas operações no exterior da Petrobras. Foi secretário Estadual de Desenvolvimento Econômico do Espírito Santo, no período 2010 a 2012. Em Brasília, atuou no Ministério de Minas e Energia de 2016 a 2019, período em que foi secretário de Petróleo, Gás e Biocombustíveis e também secretário Executivo, tendo ocupado como tal a função de Ministro interino. Foi também diretor do Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (IBP), e atualmente é vice-presidente Executivo da Organização Nacional da Indústria do Petróleo (Onip). Presidiu o conselho de administração de diversas empresas, a exemplo do Banco de Desenvolvimento do Espirito Santo (Bandes), da Pré-Sal Petróleo (PPSA), e da empresa de distribuição de gás do Espírito Santo (ES Gás). Em março de 2020, assumiu o desafio de presidir a Energy Platform (EnP), empresa inovadora dedicada a conceber, desenvolver e operar ecossistemas energéticos no Brasil.

Infraestrutura e Meio Ambiente | Governo do Estado de São Paulo

Marcos Rodrigues Penido

Secretário de Infraestrutura e Meio Ambiente do Estado de São Paulo desde 2019; foi secretário Municipal das SubPrefeituras pela Prefeitura de São Paulo, em 2018; secretário Municipal de Serviços e Obras, em 2017; secretário Municipal de Infraestrutura Urbana, de 2006 a 2010; diretor-presidente da CDHU – Cia. de Desenvolvimento Habitacional e Urbano pelo Governo do Estado de São Paulo, de 2011 a 2016; representante do Governo do Estado de São Paulo no Fórum Nacional de Secretários da Habitação e Desenvolvimento Urbano e ABC, em Brasília; representante da CDHU junco à UNEP-SBCI – United Nations Environmental Program – Sustainable Building and Climate Initiative, no biênio 2011-2012; coordenador-fundador do Programa QUALIHAB do Estado de São Paulo, de 1995 a 2005 e é funcionário de carreira da CDHU desde 1985.
Engenheiro Civil, com extensão em Gerenciamento de Empreendimentos pela FGV, é especialista na gestão de políticas púbicas em habitação e infraestrutura urbana no Brasil.
Ocupou cargos de responsabilidade nas administrações do Governo de São Paulo e da Prefeitura do Município de São Paulo, à frente de grandes desafios de programas de construção de moradias, urbanização de favelas, reassentamento de áreas de risco, erradicação de cortiços, implantação de infraestrutura urbana, sistema viário e transportes, canalização e córregos, equipamentos públicos de escolas, creches, postos de saúde e hospitais, gestão da iluminação pública, lixo e zeladoria da cidade de São Paulo.

Rivaldo Moreira Neto

Graduado em Economia pela Universidade de Brasília (UnB) em 2010, e com MBA em Finanças pelo Ibmec, possui larga experiência na cadeia de negócios do gás natural, seu universo regulatório e de relações institucionais. Iniciou sua carreira na Coordenação de Energia da Secretaria de Acompanhamento Econômico (Seae) do Ministério da Fazenda, em 2010 e 2011. No ano seguinte, fez parte da área técnica da Abraceel, que representa os comercializadores de energia, com grande interação com toda a cadeia de agentes econômicos do setor elétrico e autoridades regulatórias. Também atuou na Abrace, que reúne grandes consumidores de energia, com ampla participação em revisões tarifárias e estudos que buscavam romper com as barreiras do desenvolvimento do setor de gás natural no Brasil. Desde 2015, lidera a equipe de analistas da Gas Energy, dirigindo e participando intensamente de todos os projetos contratados junto à consultoria, com ênfase particular no estudo de soluções para monetização de reservas de gás natural, inteligência de mercado e negociação de contratos de compra e venda do combustível.

REALIZAÇÃO:

APOIO:

Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás e Biocombustíveis - ABRACO

Hora

13 (Segunda-feira) 10:00 - 16 (Quinta-feira) 12:00

Local

Evento on-line