Reconhecimentos e homenagens marcam as comemorações do Dia do Engenheiro

Melhor Avaliação Qualitativa - Divisão Técnica de Segurança do Trabalho

O Instituto de Engenharia reuniu na noite de ontem (11) seu corpo técnico, familiares, associados e colaboradores para comemorar o Dia do Engenheiro e para reconhecer aqueles que, de alguma maneira, contribuíram e se destacaram na Engenharia.

A noite foi aberta com uma homenagem póstuma ao engenheiro Mário Franco, entregue à sua esposa, Ilda D’Antonio Franco.

O engenheiro participou da Divisão Técnica de Estruturas do IE por mais de 30 anos deixando um legado de amizades e ensinamentos.

Formado pela Escola Politécnica da USP, em 1951, realizou mais de duas mil obras, entre elas o Centro Empresarial Nações Unidas, o Hotel Unique e o Palácio das Convenções do Anhembi, todos esses em São Paulo.

A cada ano o Instituto de Engenharia também faz uma homenagem aos jovens engenheiros e engenheiras que se destacaram como melhores alunos de suas turmas na graduação em Engenharia de diversas universidades e faculdades de São Paulo. Além da premiação entregue do dia da colação de grau e de uma edição especial do Jornal do Instituto de Engenharia com o currículo de todos, eles também são convidados – juntamente com seus familiares – e homenageados durante a celebração.

Esta data também é muito especial para as DTs, quando é conferida a Premiação das Divisões Técnicas. Sendo o coração da Casa, é o momento de prestigiar estes profissionais que, voluntariamente, dispõe do seu tempo e experiência para disseminar o conhecimento. Durante todo o ano ministram diversas palestras, realizam seminários e estudos levando propostas para os governos, sempre visando um dos pontos da missão do IE: contribuir para o desenvolvimento do País e para a qualidade de vida da sociedade.

Neste ano, Jerônimo Cabral, vice-presidente de Atividades Técnicas, entregou os prêmios às DTs contempladas, que foram:

Mais Atuante – Divisão Técnica de Estruturas
  • Divisão Técnica Mais Atuante:
    Divisão Técnica de Estruturas
    Natan Jacobsohn Levental (assessor especial)
    Rafael Timerman (coordenador)
    Thomas Carmona (vice-coordenador)
    Douglas Couto (secretário)
    Depto. de Engenharia do Habitat e Infraestrutura
    Roberto Kochen (diretor) e Habib Georges Jarrouge Neto (secretário)

 

  • Divisão Técnica com a Melhor Avaliação Qualitativa
    Divisão Técnica de Segurança no Trabalho
    Jefferson D. Teixeira da Costa (coordenador)
    Theophilo Darcio Guimarães (vice-coordenador)
Melhor Trabalho do Ano Analisando Temas Ligados ao Exercício da Profissão
  • Melhor Trabalho do Ano Analisando Temas Ligados ao Exercício da Profissão:
    Situação da gestão de riscos na construção civil – Avanços e desafios
    Carlos Williams Carrion (autor)

 

 

Natália Cancian (à dir.) recebeu a premiação da vice-presidente Miriana Marques, que também conduziu a cerimônia

Durante a cerimônia também foi entregue a primeira edição do Prêmio Instituto de Engenharia Jornalismo Nacional. Criado com intuito de reconhecer ações que promovam o desenvolvimento e a qualidade de vida da sociedade, destacando matérias sobre o impacto da Engenharia na vida dos brasileiros, a reportagem vencedora foi “Mantido ritmo, Brasil vai atrasar em 30 anos meta de saneamento universal”, produzida por Natália Cancian e Pedro Ladeira, da sucursal de Brasília, da Folha de S.Paulo.

Na sequencia, o engenheiro Marcelo Donato, do Grupo Camargo Corrêa Infra, foi convidado para ministrar a palestra “O profissional do futuro”, com foco nos jovens engenheiros.

Eduardo Lafraia, presidente do Instituto de Engenharia

 

Para encerrar a cerimônia, o presidente do Instituto de Engenharia, Eduardo Lafraia, destacou a importância de todos estarem reunidos na data em que se comemora o Dia do Engenheiro.

Lafraia falou sobre o projeto ARCA – iniciativa do Instituto de Engenharia e Sinaenco – que tem como objetivo preservar o acervo técnico destas entidades por meio do incentivo fiscal via imposto de renda – tanto de pessoas jurídicas como físicas. “Nós falamos muito de futuro mas temos que nos lastrear no passado, temos uma história e uma história bonita, com engenheiros de primeira linha que estão neste acervo e que nós não podemos perder. Aliás, o motivo de estarmos aqui é homenagear o passado – com a homenagem a Mario Franco  – e esta moçada que ficamos em pé para aplaudir.”

Ele destacou que na escola os jovens engenheiros aprenderam a aprender e, que agora, precisam se atualizar constantemente para acompanhar a Engenharia, caso contrário estarão fora do mercado. “Vocês não podem se acomodar. Tenham como exemplo as Divisões Técnicas que foram premiadas, são pessoas que estão se atualizando constantemente e, também, ajudando no desenvolvimento do Brasil.”

O presidente também destacou a importância de deixar claro que a Engenharia não é um problema somente dos engenheiros, mas do desenvolvimento da sociedade. “Ou a sociedade se conscientiza de problemas macro, como saneamento, ou não vamos resolver. Temos que juntar forças. A exemplo da reportagem vencedora do Prêmio e que faz parte de uma série sobre saneamento. Matérias como essa são fundamentais para a sociedade.”

Como uma somatória de forças, Lafraia destacou que “não temos que lutar pela Engenharia, temos que lutar pelo Brasil. Os engenheiros são instrumentos do desenvolvimento. Temos que ser sonhadores e não podemos nos conformar com o que acontece”.

Ele salientou que o IE é o local para a troca de experiências, não apenas do mais velho para o jovem, mas também o contrário. “Vocês têm que saber onde já erramos, para que também não errem”

Finalizou lembrando que o  Instituto tem mais de 100 anos, e a meta é ter um Instituto por mais 100 anos e sem fronteiras geográficas para a disseminação do conhecimento.

“Esse é o novo mundo e o novo Instituto de Engenharia que vocês estão sendo convidados a participar.”

Para ver a galeria de fotos do evento, clique aqui.
Em breve, a íntegra da cerimônia estará disponível na Nova TVEngenharia.

COMPARTILHAR