Economia Circular implica na reinvenção da Indústria

Semana de Engenharia da FAAP aposta nessa nova fórmula para produção e negócios, além de destacar a importância da inovação na carreira e as novas diretrizes curriculares

A Economia Circular tem um papel restaurador e regenerador na geração de produtos, por eliminar resíduos, manter materiais em reuso e regenerar os sistemas naturais. Ao contrário da economia linear atual, na circular, a geração de produtos é eficiente, com total aproveitamento dos recursos naturais, maximização dos materiais usados e descoberta de novas aplicações. Trata-se de uma nova cultura e uma quebra de paradigmas para a indústria, que precisa se reinventar para sobreviver.

“Esse conceito econômico pressupõe que produtos e serviços sejam pensados dentro de um ciclo de vida útil, de modo que todos os envolvidos em sua criação e utilização saibam os impactos econômicos e ambientais que tal produto/serviço possam causar”, afirma o professor Rafael Ramalho, coordenador da a 49ª Semana da Engenharia da Faculdade Armando Alvares Penteado (FAAP), que ocorre em São Paulo, a partir desta segunda-feira (20/5), com término previsto para a sexta-feira (24/5).

O abismo da inovação – do material ao imaterial é o título da semana, que terá a participação de especialistas e representa a contribuição da FAAP na formação de novos engenheiros e na mudança futura do perfil do mercado. Outro tema do evento serão as novas diretrizes curriculares para a educação em engenharia no Brasil e a necessidade do engenheiro assumir um papel de protagonista neste novo cenário. Na programação, destaque ainda para micromobilidade, empreendedorismo, digitalização no varejo e tendências em aplicativos.

Para o palestrante, Fabio Sant’Ana, especialista em Desenvolvimento de Mercado PE da Braskem, ter um olhar sistêmico sobre a cadeia de valor é cada vez mais importante para os profissionais. Com o foco em embalagens, Fabio vai mostrar a diferença entre economia linear e circular, como as empresas estão se posicionando e quais atitudes estão sendo realizadas. Também vai apresentar cases de análise de ciclo de vida de produtos e segmentos que mais causam ou reduzem o impacto ambiental.

Além do Fábio, participam também do evento, Alessandra Andrade e Leandro da Silva Queiroz (Business Hub FAAP), Claudia Piunti (ex-diretora na Gerdau), Denis Lopardo (CEO da Scoo Mobilidade), Fábio Luís Francisco (BKO Engenharia e Incorporador), Maurício Andrade de Paula (Business Consultant C&LA na Teradata), Nando Gaspar (CEO da Studio Doze Comunicação e da Studio Office), Renato Auriemo (CEO da Co.W Coworking Space), Thiago Rothen  (Gerente da Porsche Consulting Brasil), Vanderli Fava de Oliveira (presidente da Associação Brasileira de Educação em Engenharia – ABENGE) e Wellington Tamaki (Program Manager – Google for Startups).

Fonte Assessoria de Imprensa FAAP

COMPARTILHAR