Garoto de 12 anos constrói sozinho um reator de fusão nuclear em seu quarto

Jackson Oswalt FOTO: DUNYA NEWS

Jackson Oswalt tinha apenas 12 anos quando construiu um reator nuclear em seu quarto de brinquedos, nos Estados Unidos. Em janeiro de 2018 ele se tornou a pessoa mais jovem do mundo a construir um equipamento do gênero, em uma façanha que lembra as atividades de Kelvin Doe, o prodígio de Serra Leoa que constrói eletrônicos com o que encontra no lixo.

Embora não tenha sido verificada por uma organização oficial, a realização foi reconhecida pelo grupo de entusiastas nucleares Open Source Fusor Research Consortium no dia 2 de fevereiro deste ano. Hoje com 14 anos, Oswalt construiu uma máquina que gera plasma no qual ocorre a fusão nuclear.

O instrumento criado pelo garoto exigiu 50 mil volts de eletricidade e custou US$ 10 mil (cerca de R$ 37,5 mil). O equipamento aquece o gás deutério e funde seu núcleo para liberar energia, conforme explicação publicada pelo The Guardian.

No site Fusor.net, o menino compartilhou os resultados alcançados, além das fotografias do reator que ilustram essa página.

Apesar disso, a plataforma emitiu alertas de que reações de fusão que não estejam propriamente protegidas podem ser letais.

Ou seja: não faça isso em casa, mesmo que você seja um prodígio da física. 

Fonte Hypeness

COMPARTILHAR