Industry Symposium da Siemens debate futuro da Indústria 4.0 no Brasil

251
Allyson Faria, abertura do Industry Simposium
  • Evento reuniu principais diretores e outros C-Level de importantes setores da indústria nacional
  • André Clark, CEO da Siemens e Del Costy, vice-presidente sênior para as Américas, fizeram a abertura e o encerramento do evento sobre a importância da digitalização para o mercado brasileiro
  • Simpósio contou com apresentações de casos de sucesso da Bayer e da FCA (Fiat Chrysler Automobiles).
André Clark, CEO da Siemens

Este ano, o Industry Symposium, evento anual da Siemens PLM Software que aconteceu no final da semana passada (8) em São Paulo, discutiu sobre ações a serem ser tomadas para construção do Brasil 4.0 bem como temas tangenciais ao PLM (gerenciamento do ciclo de vida do produto).

No período da tarde, o painel de debates trouxe convidados como Sandro Trentin, da Randon; Robison Azevedo da Mueller Fogões; Marcelo Mendes da Bayer e Antonio Custódio da FCA para discutirem sobre o tema Inovação, tecnologia e investimentos para um mercado mais competitivo, abordando assuntos como, digitalização, inovação e futuro.

Em relação a casos de sucesso, Rogério Gomes, da FCA apresentou o primeiro estudo de tema “Ambiente de produção integrado: geração de dados para auxiliar na tomada de decisões” seguido de Jorge Braga, da Bayer, que palestrou sobre “Como implantar medidas e soluções que respondem às mudanças do mercado” na segunda apresentação de cases.

Allyson Faria, Diretor de Marketing Latam da Siemens

“O evento proporcionou fomentar o relacionamento entre os participantes convidados, como diretores e outros C-Level de diversas indústrias, para o compartilhamento de experiências, previsões e expectativas em relação ao tema digitalização no Brasil”, disse Allyson Faria, diretor de marketing para a América Latina da Siemens PLM. “Buscamos posicionar a proposta da Siemens em relação à Indústria 4.0 no País a partir de um novo cenário definido para os próximos anos. Setores como o agro, energia, automotivo e maquinário em geral, serão promissores para a tecnologia e para a Siemens no Brasil”.

Fonte Siemens

COMPARTILHAR