Vulcão na Islândia emite tanto CO2 quanto a um milhão de carros

354

Ovulcão islandês Katla entrou em erupção pela última vez em 1918 e atualmente está enterrado sob uma geleira. No entanto, há  gases sendo emitido surpreenderam uma equipe de cientistas, porque os seus dados indicam que tornou-se uma das maiores fontes vulcânicas de dióxido de carbono (CO2) do planeta.

edições recentes dos gases emitidos surpreenderam uma equipe de cientistas, já que seus dados indicam que ela se tornou uma das maiores fontes vulcânicas de dióxido de carbono (CO2) do planeta.

“O vulcão libera até 5% do total de emissões vulcânicas em todo o mundo”, alertam os autores do estudo, que foi publicado na Geophysical Research Letters.

Esses resultados foram obtidos após a análise dos dados de emissão coletados durante vários vôos de pesquisa realizados entre 2016 e 2017, e nos quais foi detectada uma coluna de gás rica em dióxido de carbono.

Segundo seus cálculos, o fluxo de CO2 de Katla é entre 12.000 e 24.000 toneladas por dia, o que significa “é maior do que as estimativas anteriores de libertação total de CO2 a partir de fontes naturais da Islândia”.

A emissão de cerca de 12.000 toneladas por dia significa que até o final do ano este vulcão teria emitido mais de 4 milhões de toneladas. O resultado é que Katla está emitindo aproximadamente o mesmo que um milhão de veículos.

Os dados são impressionantes, então os pesquisadores insistem que “mais medidas são urgentemente necessárias” para ajudar a determinar se o Katla é excepcional, “ou se há uma contribuição significativa e não reconhecida para as emissões globais de CO2 de fontes naturais”.

Fonte Engenharia É

COMPARTILHAR