Retomada do Desenvolvimento

a- Um dos principais motores de expansão da riqueza do país é a exportação, principalmente do agronegócio e minério.
Desenvolvimento otimizando o setor produtivo;
b- Temos mais de 200 milhões de habitantes dos quais apenas 12,8 % são necessários a este esforço.
c- Estimular a produtividade e a atividade produtiva do restante da população.
Desenvolvimento eliminando o “custo Brasil”.
d- Percebemos que o modelo adotado nos últimos anos não propiciou desenvolvimento, mas estagnação, pois àqueles não inseridos no processo de trabalho foram oferecidas regalias financeiras sugando os recursos para o desenvolvimento.
e- Possibilitar que os poucos recursos disponíveis possam ser investidos em projetos destinados a enxugar e aperfeiçoar o Serviço Público em todas as suas esferas
Desenvolvimento com planejamento globalizado
f- A Retomada do Desenvolvimento é uma Parceria Público Privada elencando as prioridades possíveis necessárias ao país e à população, otimizando os recursos e as necessidades em seu conjunto, com projetos de curto, médio e longo prazo, utilizando a “boa engenharia”, a ter inicio imediatamente.
Desenvolvimento com projetos detalhados para serem licitadas obras
g- Retomada do Desenvolvimento envolve aperfeiçoar todas as obras de infraestrutura existentes, com planejamento, projetos e alocação de recursos principalmente aquelas presentemente negligenciadas ou abandonadas.
h- É inadmissível contratar qualquer obra sem ter um projeto executivo, estando presentes também uma empresa de gerenciamento, um “comitê de dispute board” e os recursos necessários. Evitam-se as “surpresas” nas execuções, nos custos e nos prazos.
Desenvolvimento com recursos disponíveis
i- Retomada de Desenvolvimento inicia-se pela Inovação e disponibilidade de recursos imediatos.
j- Os recursos requeridos pelo Governo para as privatizações ficariam com o empreendedor, para investir nas obras facilitando o seu inicio.
k- Inovação consiste também em copiar modelos existentes em outros países que saíram de igual condição pré-falimentar para um novo ritmo de pujança para toda a população, sem intervenção estatal que iniba este desenvolvimento.
Desenvolvimento sem burocracia, sem entraves regulatórios e insegurança jurídica.
l- A “boa engenharia” compreende algumas superações de entraves regulatórios, burocráticos e insegurança jurídica que são uns dos principais fatores que boicotam o Desenvolvimento.
Desenvolvimento com legisladores-políticos- conscientes de que as necessidades são do país.
m- A Base para o Desenvolvimento é a elaboração de projetos que mantenham os programas de Saúde e Educação em excelentes condições, sem o qual não haverá Desenvolvimento;
Desenvolvimento facilitando a inserção da população inativa em atividades condizentes
n- Substituir as regalias financeiras ao eventual eleitor, por oportunidades de desenvolvimento pessoal autônomo conforme seu talento.
o- Desta forma os recursos do Governo seriam preservados para o Desenvolvimento, evitando vender nossos haveres para continuar com as regalias financeiras, modelo este já falido.
“Retomada do Desenvolvimento” será o sucesso para todos
p- Os legisladores – políticos – que se integrarem a esta nova matriz, serão sufragados nas urnas por seus eleitores e familiares, reconhecidos pelos ganhos do seu trabalho e possibilidades de melhor futuro sem terem que depender de benesses inconsistentes.

vide: “O Estado de São Paulo”; The Economist; The New York Times; Folha de São Paulo; Veja; Time;

COMPARTILHAR