Matéria de 1993 previa corretamente a data de chegada a Plutão

Esta semana, a sonda New Horizons mandou as primeiras imagens nítidas de Plutão para a Terra. Parece que estamos vivendo o futuro. De certa forma, é verdade: estamos vivendo o futuro de 1993, quando saiu esta matéria do Estadão, em que a NASA previa para 2015 a chegada de naves ao então planeta mais distante do sistema solar.

A matéria já previa alguns detalhes da viagem, como o uso do campo gravitacional de Júpiter para catapultar a sonda em direção a Plutão. No entanto, o texto fala sobre um lançamento em 2002, quatro anos antes de a sonda New Horizons partir de fato. O texto não explicita qual o nome da missão responsável por enviar as naves a Plutão, mas fala em “par de naves gêmeas”, o que deve se referir ao Pluto Fast Flyby — um dos vários projetos para explorar o planeta que foram cancelados até o lançamento da New Horizons. O nome de Alan Stern, o astrônomo que comanda a missão New Horizons, também é mencionado.

Também chama a atenção que, em 1993, o astrônomo Clyde Tombaugh, responsável pela descoberta do planeta, ainda estava vivo e em atividade — ele faleceu em 1997, e a sonda New Horizons carrega suas cinzas. Vários objetos do Cinturão de Kuiper ainda estavam sendo descobertos e, obviamente, Plutão ainda não havia sido rebaixado à categoria de planeta anão. Mas, apesar dos desvios de trajetória, chegamos ao futuro previsto — agora só falta receber todos os dados sobre Plutão e suas luas.

Clique aqui para ver a matéria do jornal O Estado de S.Paulo, publicada em 22 de maio de 1993 na íntegra (você precisa ser assinante do jornal para ampliar a página, ou fazer um cadastro gratuito para visualizar 20 páginas do acervo)

Autor: GizModo

COMPARTILHAR