Cidade aguarda passagem do príncipe Naruhito

Na semana passada, atracou no Porto de Santos navio trazendo o “Fogo da Amizade”, para simbolizar os laços de fraternidade que unem Brasil e Japão. A cerimônia ocorreu no Terminal de Passageiros do Concais e houve coral infantil, cerimônia do saquê e comidas típicas japonesas. 

A lanterna foi acesa e levada para o saguão do Paço Municipal. Dois dias depois, foi celebrada a despedida do “Fogo da Amizade”, e a lanterna foi transportada por autoridades e convidados até o Bonde Turístico e, em seguida, embarcada num trem que partiu para o Memorial do Imigrante, em São Paulo. E a expectativa da cidade para os próximos dias continua grande. A visita do príncipe Naruhito ao Brasil este mês, o ponto alto das comemorações do centenário, deve incluir Santos no itinerário. 

“Fui à embaixada e fiz o convite pessoalmente”, conta o prefeito santista, João Paulo Tavares Papa. A passagem de Naruhito pela cidade, esperada para o dia 21, coincidirá com a inauguração da escultura que a artista plástica Tomie Ohtake doou à cidade em homenagem ao centenário. A escultura, vermelha, leva 80 toneladas de aço e possui 15 metros de altura. É dividida em três partes e está sendo montada na plataforma do Emissário Submarino. 

A base da escultura, de quatro metros de altura, três metros de largura, oito metros de comprimento e que pesa 20 toneladas, já está instalada no local. A previsão é que a obra esteja montada até o dia 15. A expectativa de Sadao Nakai também é grande. Além de participar da inauguração da escultura, Naruhito pode visitar o Estrela de Ouro e a Associação Japonesa de Santos.

Autor: O Estado de S. Paulo

COMPARTILHAR