Nível de emprego da construção civil bate novo recorde

A indústria da construção civil brasileira segue superando recordes. Segundo levantamento do SindusCon-SP e da FGV Projetos, o número de trabalhadores formais do setor atingiu o patamar de 1,9 milhão ao final de fevereiro, o maior estoque de mão-de-obra desde 1995, quando a metodologia do estudo foi alterada. 

No total, foram contratados 74,6 mil trabalhadores entre os meses de janeiro e fevereiro. 

O nível de emprego da construção civil apresentou alta de 4,1% no primeiro bimestre de 2008, em relação a dezembro de 2007. No acumulado dos últimos 12 meses, o indicador aumentou 15,8%. 

No Estado de São Paulo, a alta do primeiro bimestre é de 5%. Foram 25,7 mil contratações durante os meses de janeiro e fevereiro, o que forma um estoque de 541,8 mil trabalhadores formais na construção civil paulista. 

Na capital, o aumento registrado nos dois primeiros meses de 2008 ficou acima da média nacional, com avanço de 5,1%. Em 12 meses, a alta é de 25%.
Regiões do Brasil – O destaque no primeiro bimestre do ano é do Centro-Oeste, que apresentou alta de 6,6%. O Sul registra alta de 4,4% no período; o Sudeste, 4,3%, e o Nordeste 3,3%. Já a região Norte, que em 2007 fechou o ano com o melhor desempenho do país, registrou queda de 0,4% durante os meses de janeiro e fevereiro.

Autor: Construmail

COMPARTILHAR