Notícias

Robô consegue assentar mais de mil tijolos por hora!

Por Blog da Engenharia

Publicado em 28 de novembro de 2017
Controlar tamanho de fontes:

Os robôs possuem uma lista interminável de aplicações na indústria, desde fabricar carros até servir de instrumento para uma delicada cirurgia nos hospitais. Porém agora parece que os engenheiros esperam adicionar outra habilidade a essa já longa lista: a construção civil.

O responsável pela façanha é Hadrian, um robô que recebe o nome do imperador romano que construiu o Muro de Hadrian (ou Adriano, em português). Seu desenvolvedor afirma que o dispositivo será capaz de colocar até 1.000 tijolos por hora, ou seja, pelo menos 20 vezes mais rápido que um pedreiro humano.


Crédito: Fastbricks Robotics

Para se ter uma noção mais embasada, uma casa comum tem em média 15 mil tijolos e, segundo o criador do Hadrian, ele já foi a campo, conseguindo construir uma casa em apenas dois dias!
A ideia surgiu a partir de um problema que a Austrália (lar do desenvolvedor) vive, que é a falta de mão de obra na construção civil, já que a média de idade por lá está cada vez mais alta e faltam jovens no mercado para trabalhos mais pesados e braçais.

“O Hadrian reduz o tempo total de construção de uma casa padrão em aproximadamente seis semanas”, disse o CEO da Fastbricks Robotics, Mike Pivac.

A Fastbrick Robotics gastou US$ 7 milhões (cerca de R$ 25 milhões) em pesquisa e desenvolvimento. O robô ainda exige um pedreiro real para fins de garantia de qualidade durante o processo – porém ainda sim o custo benefício compensa bastante.

Próximos passos

Embora este robô possa, sem dúvida, impactar a indústria de construção de moradias, ainda há uma série de questões que permanecem sem resposta: quanto custará o dispositivo para empresas interessadas em comprá-lo? Qual velocidade pode se mover?

Animação



Filmagem
 

 


Comente no Facebook

Comente no IE
0 Comentários

obrigatório

obrigatório

 


Conheça a estrutura do Instituto e o que ele pode oferecer para você