Alunos do Instituto Mauá de Tecnologia visitam fábrica da Mitsubishi Electric no Japão

A equipe de estudantes vai participar do All Japan Robot-Sumo Tournament e, durante estadia, visitará a fábrica da tradicional companhia japonesa

São Paulo, dezembro de 2018 – Esta semana, os alunos da equipe Kimauánisso do Instituto Mauá de Tecnologia visitarão a fábrica da Mitsubishi Electric no Japão. Os estudantes devem ir ao local antes de disputarem o All Japan Robot Sumo Tournament, uma das principais competições de “sumobots” do mundo – basicamente, o esporte envolve dois robôs numa arena, em que o principal objetivo é jogar o robô do adversário para fora do círculo em que se encontram.

“Estamos muito felizes com esse reconhecimento da Mauá para participar da competição: é o quarto ano em que nossos alunos são convidados para participar. Dessa vez, dois professores e dois alunos do curso de Engenharia de Controle e Automação marcam presença no local e acreditamos que, como sempre, será uma experiência transformadora para a vida deles”, afirma o prof. Fernando Madani, Coordenador do curso de Engenharia de Controle e Automação do Instituto Mauá de Tecnologia.

Aproveitando a ida dos estudantes ao país, a Mitsubishi Electric vai levá-los para conhecer o novo Centro Tecnológico da companhia em Tóquio no tradicional bairro de Akihabara, além de uma visita à fábrica de Nagoya, uma das maiores da companhia, responsável pela fabricação de produtos de automação industrial e mecatrônica.

“Queremos estimular cada vez mais a educação e a capacitação de jovens profissionais. Estamos muito satisfeitos com essa oportunidade e esperamos que eles possam aproveitar ao máximo essa oportunidade de conhecer uma de nossas maiores fábricas e conhecer aplicações [email protected], que é nossa abordagem sobre Manufatura Avançada”, afirma Hélio Sugimura, gerente de Marketing da Mitsubishi Electric.

Os alunos devem conhecer a companhia por completo no dia 13/12. Para mais informações sobre o torneio, acesse: https://www.fsi.co.jp/e/robot/.

Fonte Assessoria do Instituto Mauá de Tecnologia

COMPARTILHAR