Santa Catarina pode ter a primeira fábrica de aviões de pequeno porte

Santa Catarina pode ter a primeira fábrica de aeronaves. O anúncio foi feito sexta-feira (31), e na segunda-feira (3) a empresa de São José dos Campos, Novaer Craft, assina um protocolo de intenções com a Federação das Indústrias (Fiesc), o governo do Estado de Santa Catarina e a SC Parcerias.

O ministro da Ciência e Tecnologia, Marco Antônio Raupp, o governador do estado, Raimundo Colombo, o presidente da Federação, Glauco José Côrte, e o presidente da SC Parcerias, Paulo Cesar da Costa, participam da assinatura, que está prevista para as 10h30, na sede da Fiesc, em Florianópolis.

De acordo com a Fiesc, o objetivo da empresa paulista é produzir aeronaves certificadas, destinadas à aviação geral de pequeno porte. Atualmente, a empresa desenvolve uma aeronave de aplicação civil e militar com o apoio do Ministério da Ciência e Tecnologia.

O local escolhido pela Novaer para a instalação da fábrica foi a cidade de Lages, na Serra Catarinense. Além disso, e empresa também prevê a instalação de um centro de engenharia em Florianópolis. A expectativa é um investimento de pelo menos R$ 80 milhões e a contratação de cerca de 300 funcionários.

De acordo com a empresa, o modelo foi nomeado como 'T-Xc', um projeto de engenharia que produz um mesmo tipo de avião para duas categorias. A primeira é a versão conhecida como treinador, de dois lugares, que atende às necessidades de forças aéreas para o treinamento de pilotos.

A segunda versão é a utilitária, de quatro lugares. Esta é para o transporte de passageiros e pequenas cargas. O objetivo é suprir a necessidade de pilotos, empresas ou pessoas físicas interessadas no transporte de médias distâncias e recreação, além de aeroclubes, empresas de táxi-aéreo e de transporte de pequenas cargas.

O primeiro avião pode ser lançado em abril de 2013 e já há, inclusive, um empresa americana interessada, além de projeções para a venda de aviões à Força Aérea Brasileira (FAB).

Autor: G1

COMPARTILHAR