ANP: Brasil gasta muito pouco em pesquisa de petróleo e gás

O diretor-geral da ANP, Haroldo Lima, reconheceu nesta quinta-feira (27/03) na Comissão de Serviços de Infra-Estrutura, que o país investe muito pouco em estudos para pesquisa e identificação de novas reservas de petróleo e gás natural. Segundo informou, a ANP gasta por ano entre R$ 200 milhões a R$ 250 milhões com essas finalidades, enquanto o necessário, conforme observou, seriam R$ 2 bilhões.

Autor: DCI

COMPARTILHAR