TV Engenharia

Inovação e certificação profissional - Os novos rumos para a Segurança contra incêndio no Brasil P 2

09/07/2017

Duração: 00:20:14

Palestrantes : Carlos Cotta Rodrigues, Júlia Corrêa Lourenço e Sidirley Fabiani

Abordagem: Com a nova Lei 13.425, de 30 de março de 2017, denominada popularmente "Lei Kiss", a qual "estabelece diretrizes gerais sobre medidas de prevenção e combate a incêndio e a desastres em estabelecimentos, edificações e áreas de reunião de público", importantes e novas oportunidades para empresas, entidades e profissionais se apresentam.
Certamente, a regulamentação desta recente Lei será mais um desafio e foco de nossa palestra, quando apresentaremos nosso programa de ações para que seja alcançado o objetivo da melhoria da qualidade da proteção contra incêndio.
A inovação, alavancada pelos incentivos fiscais (utilizado pelas empresas desde 2006), foi inserida no corpo desta Lei Kiss. Tais incentivos fiscais obtidos pelas empresas, exigirão nova abordagem da proteção contra incêndio.
Falta, agora, escrever tais propostas na regulamentação desta Lei Kiss, estabelecendo critérios e condições para obtenção destes benefícios fiscais.
Entendemos que se apresenta, neste momento, mais uma oportunidade para a inserção do tema "certificação" nesta regulamentação. "Certificação", esta, sempre defendida pela Divisão Técnica de Engenharia de Incêndio.
Certificação profissional, de produtos e de instalações deverão ser as novas metas a serem alcançadas.
Engenheiros, Arquitetos, bombeiros profissionais, técnicos de segurança, produtos, instalações, todos devem ser certificados para se garantir a qualidade das proteções contra incêndio, bem como para que empresas obtenham todos os benefícios dos "incentivos fiscais".
Para isto, estamos montando um grupo de trabalho com o apoio de diversas empresas, entidades e profissionais respeitados pelo mercado da segurança contra incêndio.
Faça parte deste importante grupo, que mudará o panorama atual deste mercado.
Nessa palestra, conheça:
1- o que significa "Incentivos fiscais" e seus impactos positivos nas empresas;
2- como as empresas melhoram sua competitividade desde 2006, com tais incentivos;
3- como obter a certificação profissional;
4- porque inserir a certificação na regulamentação da "Lei Kiss".