Notícias

Adutoras de Engate Rápido: saiba como funciona a estrutura que tem ajudado a levar água para várias regiões do Nordeste

Água até longas, médias e curtas distâncias pré-determinadas na fase de projeto.

Por Blog da Engenharia

Publicado em 8 de fevereiro de 2018
Controlar tamanho de fontes:

Adutoras de Engate Rápido (AER) são equipamentos de infraestrutura hidráulica que tem por finalidade aduzir (conduzir) a água até longas, médias e curtas distâncias pré-determinadas na fase de projeto, que antecede a execução de sua instalação, conforme a figura abaixo.



1. INSTALAÇÃO: a instalação das tubulações de engate rápido deve ser aérea, sobre suportes estáveis, com altura mínima recomendável do solo de 150mm.

2. LOCALIZAÇÃO: a localização dos suportes é estabelecida em função do vão máximo admissível para os tubos. Essa localização pode sofrer pequenas variações para atender situações particulares durante a montagem. Nos sistemas tubulares unidos através de acoplamentos mecânicos flexíveis, deve-se utilizar pelo menos um suporte por tubo. Esse suporte deve estar situado a uma distancia “L” entre 300 e 600mm da extremidade do tubo.

3. SUPORTES: Os suportes podem ser em base de concreto com laterais em vergalhão de aço; em berço de concreto; em berço metálico; em viga de madeira e em viga de madeira com cunha (recomendável).
Esses Sistemas Adutores são de rápida instalação, fáceis de manusear e duráveis. Oferecem diâmetros e materiais que se adequam às vazões de dimensionamento/projeto que se deseja.

Adutoras desse tipo tem garantido acesso a água para milhares de pessoas no Nordeste Brasileiro, e as obras geralmente são executadas pelo Departamento Nacional de Obras Contra as Secas/DNOCS, órgão especializado com mais de 100 anos de atuação com infraestrutura hídrica.

 


Comente no Facebook

Comente no IE
0 Comentários

obrigatório

obrigatório

 


Conheça a estrutura do Instituto e o que ele pode oferecer para você