Próximo dia 26 começa o Simpósio Internacional: Uma Amazônia Inovadora e Sustentável (SIPAIS). Inscreva-se

Vários painéis e debates estão previstos para ocorrer. Nessa programação, o evento tem como objetivo sensibilizar sobre a importância de uma cooperação internacional, dos mais diversos ecossistemas, para desenvolver e escalar ações sinérgicas e sustentáveis com países da Amazônia. Desse modo, promover a verdadeira revolução ESG através da engenharia.

Logo na abertura, no dia 26, é prevista a participação do general Hamilton Mourão, vice-presidente da República e presidente do Conselho Nacional da Amazônia Legal; além de Alexandra Moreira López, secretária-geral da Organização do Tratado de Cooperação da Amazônia (OTCA).

Parlamentares, representantes das Forças Armadas e de embaixadas de países que compõem o bioma da região amazônica também estarão presentes.

Objetivos

O simpósio também buscará promover iniciativas e projetos nas áreas de infraestrutura, energia e logística, educação e pesquisa, com foco no crescimento econômico sustentável da região amazônica.

Os debates devem trazer análises práticas do uso de fontes públicas e privadas para o financiamento da infraestrutura, mensuração do ESG, bem como motivações sociais em segurança, qualidade de vida, o ecossistema econômico, industrial e tecnológico, segurança jurídica e operacional de empreendimentos naquela região.

Por isso, dentre os convidados a participar das discussões estão representantes de governos, entidades internacionais, empresas, academias, centros de pesquisa, ONGs, engenheiros e profissionais ligados às questões de sustentabilidade.

Propostas reais

Ao final, o SIPAIS irá consolidar uma síntese dos painéis, o parecer do Instituto de Engenharia e as contribuições para a realização e construção de iniciativas voltadas para um desenvolvimento sustentável da Amazônia.

Todo o resultado desse trabalho será encaminhado ao Conselho da Amazônia Legal, ao Parlamento Amazônico, à OTCA, e para toda a sociedade civil.